Olá bailarinos e bailarinas!!!

O post de hoje é sugestão de uma seguidora!!! E vai ser sobre como aumentar a sua flexibilidade no ballet!

Vou mostrar 16 exercícios para vcs fazerem.

Antes de tudo, quero reforçar que algumas pessoas já tem uma facilidade natural a serem mais flexíveis, mas a flexibilidade não se ganha de um dia para o outro. Como tudo no ballet, vai requerer muito treino. É um esforço diário, de cada dia ir tentando fazer um pouco mais. É uma combinação de respeitar o limite de até onde o seu corpo pode ir com ir tentando cada dia abrir um pouco mais do que vc conseguia.

Outra coisa é que para ganhar a flexibilidade, além da constância, é fazer os exercícios de maneira correta, trabalhando cada músculo corretamente. Dessa forma o seu corpo vai acostumando, e vc vai conseguir fazer mais.

Vou inserir o vídeo para quem preferir. Mas também deixo o texto escrito para quem preferir ler.

 

 

1. Sentar em borboleta e ir à frente com os braços em quinta posição e ir à frente sem curvar a coluna. A intenção é encostar o peito no pé e não a cabeça. Pense em empurrar os joelhos para baixo, fazendo com que eles encostem no chão.

2. Sentar e recolher uma das pernas, como se fosse um passé no chão. Ir à frente com os braços em quinta posição.

Se fizer com o pé da frente flexionado, vai dificultar e forçar mais a flexibilidade.

A ideia é encostar o peito no joelho, sem dobrá-lo e sem curvar a coluna.

3. Em pé em primeira posição, com os braços em quinta, ir descendo com a intenção de tocar o chão, tentando não ir muito com o bumbum para trás. Também deve ser feito com a intenção de encostar o peito no joelho, sem dobra-lo.

Esse mesmo exercício também pode ser feito deitado.

4. Deitar em sapinho e ir abrindo a segunda.Fazer isso sem curvar a coluna na altura da lombar e sem tirar os ossinhos do quadril do chão. Se conseguir, vire os pés en dehors.

5. Deitar de bruços com as mãos bem próximas aos seios e empurrar o chão. Não tirar os ossinhos do quadril do chão e nem fechar os ombros!

6. Deitar de barriga para cima, com uma das pernas dobrada e puxar a outra com o theraband com o pé flexionado. Manter a perna na direção do nariz. Ir puxando a perna cada vez mais para vc.

7. Deitar de lado com as duas pernas esticadas, puxar uma das pernas ao lado com theraband. Conforme for ficando fácil, pode pegar o pé com a mão oposta e fazer a mesma coisa sem o theraband.

8. Deitar de lado com as duas pernas esticadas, puxar uma perna ao lado com a mão oposta, virar de frente e emendar um grand écart.

9. Deitar de barriga para cima, abrir as pernas em segunda, segurando os pés com as mãos. Pode ser feito também com theraband, caso vc tenha um forte.

10. Deitar de barriga para cima, encostando o bumbum na parede e abrir as pernas em segunda posição.

11. Em pé, abrir uma segunda posição paralela com os pés paralelos na direção dos ossos do quadril e ir descendo numa abertura na segunda até o chão.

12. Ajoelhar em paralelo, puxar a perna de trás com a mão oposta, empurrando o bumbum para frente.

13. Sentar no chão, levando uma perna dobrada à frente en dehors e esticar a perna de trás. Puxar a perna de trás com a mão oposta. Também empurrar o bumbum para frente.

14. Ajoelhar em paralelo, esticando a perna da frente. Tentar encostar o corpo na perna frente com a intenção de encostar o peito no joelho.

15. Abrir um grand écart, ir à frente, tentando encostar o peito no joelho. Depois ir atrás num cambré. Depois pegar a perna de trás com a mão oposta. Conforme for ficando mais fácil, ir afastando a mão em direção ao pé.

16. Abrir o grand écart na parede e ir forçando.

No post eu estou usando um macaquinho da Petipá, disponível em: https://store.tutudaju.com

E esses eram os exercícios que eu tinha para mostrar para vcs!

Espero que tenham gostado!

Sigam o tutu da Ju em todas as redes sociais!

Até o próximo post!!!