Olá pessoal!

Hoje eu vim aqui para mostrar como ficou minha sala de ballet em casa e aproveitei para dar dicas para quem tem pouco espaço em casa para também poder montar a sua.

Abaixo eu vou colocar o vídeo que eu gravei para o canal e logo após o texto por escrito!

Eu fiquei toda a quarentena morando na casa dos meus pais. Lá o espaço era BEMMMM maior que o apartamento onde eu moro hoje. Por isso, lá eu usei um linóleo maior e a minha barra móvel. Segue o vídeo:

A quarentena acabou e eu me mudei, mas o pedaço menor de linóleo tinha ficado na casa dos meus pais, guardado em sem uso! Resultado: ele ficou todo dobrado!!! Mas mesmo assim isso não impossibilitou seu uso. Como eu estava na minha casa e não mais na casa deles, e eu ainda faço uma aula online, além das presenciais que eu faço na Palco 42, eu não queria ter que ir para a casa dos meus pais só para isso. É claro que eu ainda os visito como filha, mas não queria mais ter essa obrigação! E sim quando eu quisesse!

Foi aí que eu finalmente trouxe o bem-dito do pedaço pequeno do linóleo para casa e decidi instalá-lo também na minha casa! Agora eu tenho 2 salas de ballet: uma na casa dos meus pais e uma na minha casa! Que LUXO! haha! Nos vídeos vocês podem ver a diferença de uma para outra e podem pegar ideias do que é possível para vocês! A ideia desse post é justamente essa: dar dicas e facilitar a vida de quem está pensando em começar a dançar de casa ou ainda para quem já dança de casa e quer uma estrutura melhor.

Então, a dica principal é: faça o que você puder! Se você pode ter o melhor para você? Porque não fazer? Se você tem como investir em mais e melhores materiais, vai lá e faça isso! Porque eu tenho certeza que vai te estimular a dançar mais de casa! E se você não pode, faça o que esteja ao seu alcance! Não faça disso um impeditivo de você dançar!

Fato é que o ballet online, depois de tudo o que vivemos é uma realidade e nada mais muda isso! Eu até já tinha escrito um post há 500 anos falando de ballet em casa. E o que eu tenho para falar aqui também é, meu posicionamento não é tão diferente daquele. É claro que é possível fazer ballet de casa sim! Mas precisamos de alguns cuidados! Faça somente ballet com a orientação de um professor, principalmente se você está começando em casa e que você tenha a ciência de que aquele exercício está adequado para as suas aptidões físicas e técnicas. Treinar de casa é super possível, mas, apenas tenha cuidado com isso e lembre-se de que nosso corpo é nosso instrumento de trabalho. Mesmo no online é fundamental que a gente se aqueça antes das aulas ou de algum treino. Eu, por exemplo, volta e meia treino minhas piruetas em casa! Mas os treinos não têm uma duração muito longa e eu sempre dou uma aquecida antes.

É claro que o risco de lesão vai existir sempre, mas quando somos corretamente orientadas ele vai ao menos diminuir. E acredito que eu tenho esse papel também por estar falando de ballet na internet. Por isso, mesmo mostrando todas essas dicas de como montar a sua própria sala de ballet em casa, tendo o material, lembre-se de que: somente em pisos flutuantes é que podemos executar os grandes saltos e mesmo os médios e pequenos com muitas repetições! É outro cuidado que temos que ter ao pensar em dançar ballet de casa: principalmente se o piso é adequado, principalmente falando de piruetas e saltos. Mas vou falar com mais detalhes nos próximos tópicos!

Vou te explicar cada coisinha que eu coloquei nas minhas salas de ballet!

Vamos por partes, porque não sei se alguém que está lendo não sabe alguma coisa que eu vou falar! Então, se for óbvio para você, pode não ser para alguém.

1. Linóelo: o que é? Preciso comprar?

Se você nunca fez ballet ou nunca se perguntou sobre o piso apropriado para dança, ele se chama linóleo, que nada mais é do que a junção de 2 palavrinhas que são os seus materiais: linho + óleo. Sua aparência vai lembrar um tapete de plástico, mas não é plástico o material que ele é feito. Da próxima vez que você pisar numa escola de ballet, tente reparar. Provavelmente a sala terá linóleo.

Para ballet, as cores mais comuns são preto, cinza e branco. O meu acabei escolhendo preto mesmo porque acho que disfarça mais a sujeira. É certo que temos que limpá-lo de vez em quando, mas, pelos menos o preto dá para prolongar esse tempo de limpeza.

Sou obrigada a comprar linóleo? Como faz para comprar?

Particularmente, para mim MELHOROU muito dançar em casa depois que eu comprei meu linóleo, seja na casa dos meus pais, seja na minha. A maior parte dos pisos de casa, ou vai ser escorregadio ou áspero demais para dançar, especialmente na ponta e mais especialmente ainda se formos falar das piruetas. Se eu não tivesse o linóleo seria impossível praticar minhas piruetas na ponta porque em nenhum dos dois lugares eu tinha piso para isso. Você deve avaliar a sua necessidade de comprar.

Ok, Ju! Quero comprar! Como eu faço? 

Uma das coisas que a pandemia facilitou foi a compra desses materiais de sala de ballet para ter em casa. Então, o linóleo, o piso flutuante e a barra, que eu vou explicar nos próximos detalhes, tudo isso é possível comprar online. O linóleo geralmente é vendido a metro e existem alguns perfis no Instagram que vendem. Eu comprei o que eu uso na minha casa na @linoleoeco, já veio com fita para prender e mede 1,40m por 2m! E é o que cabe na minha sala. Meça seu espaço e veja do quanto você precisa.

Preciso mesmo de fita?

Eu fiz as 2 experiências em cada um dos 2 lugares. Na casa dos meus pais, não coloco fita porque minha mãe virginiana com toque de organização não quis cola no chão da casa dela (casa dela, regras dela, né?) e o outro motivo é que como a casa tem outros ambientes, também posso mudá-lo de local quando quiser fazer aula de outra posição da sala ou gravar em outro local, como já gravei na varanda, por exemplo. O próprio peso da parte do linóleo que fica enrolada já deixa mais difícil (não impossível) dele se mexer enquanto eu faço

Onde eu moro, a salinha é bem pequena e o linóleo estava cheio de dobras depois de um ano guardado! Então, eu não conseguia deixar ele lisinho e parado no lugar se não fosse prender com fita. O pedaço de linóleo é pequeno, então, só se eu colocasse pesos em cima dele é que eu ia considerar não prender com a fita. Mas acho que isso ia mais atrapalhar do que ajudar. Prender com fita foi o que ajudou nesse caso para mim. A fita fica relativamente fácil de tirar depois. Mas, depois que eu defini o lugar dele, não fico descolando a fita. Então, mais uma vez: avalie a sua necessidade. Só saiba que, não é qualquer fita que prende o linóleo. No vídeo eu mostro que existe fita para isso! Não vai querer prender com fita crepe hein!

Outro cuidado: o linóleo é só para ficar seguro de você dançar e deslizar sobre ele sem prender ou escorregar hein! Ele não faz o papel de piso flutuante! Não é só porque você tem um linóleo em casa que isso te torna apta para ficar saltando igual a uma lebre em casa! Cuidado para não ficar fazendo muitas repetições de saltos em casa! Para isso existe o piso flutuante, que vou falar no próximo tópico.

2. Piso flutuante

Entendido o linóleo vamos falar do piso flutuante.

O que é isso? Ele faz a gente flutuar?

Quase isso! É mais um ítem que muitas vezes a gente nem vê, mas muito provavelmente ele está na sua sala da sua escola de ballet quando você está dançando. Já percebeu que quando você salta na sua escola, parece que o piso absorve o impacto? Totalmente diferente de quando saltamos em casa no chão duro, né? É porque é exatamente essa a função desse tipo de piso: absorver o impacto do nosso corpo quando a gente salta ou gira repetidamente. Não vá pensando que só saltar impacta no corpo ou nunca reparou nos impactos de um fouetté?

Na foto podemos ver como é a estrutura de um piso como esses. E é por isso que não é seguro dançar em casa. Dificilmente vamos ter um piso como esse em casa. Mas… caso, você queira, ainda existe a possibilidade de comprar online. A @linoleoeco também vende o dela. Eu ainda não testei, mas conheço pessoas que testaram, a @rafaelapandolphi e a @pasdegio compraram e gostaram.

3. Barra: preciso ter uma ?

Os exercícios da barra são fundamentais em uma aula de ballet, seja online, seja presencial. E mais uma vez: se você pode ter uma, porque não?

E outra vez: eu tive as duas experiências! Na casa dos meus pais, eu fiz o tutorial de barra móvel abaixo e a minha barra móvel fica lá. Uma observação é que para que elas não ficassem tão moles (o material é PVC, então, elas são naturalmente mais moles mesmo) é que coloquei areia, água e cimento dentro! E melhorou MUITO!

Caso você não queira fazer a barra por qualquer motivo também é possível comprar online! O que eu vi mais recomendado foi o @brandaballetpoa, mas você também pode achar em outros lugares. Eles fizeram até um arranhador para gato em forma de barra e eu já tô louca para comprar para os meus filhinhos felinos! Eles amam o linóleo, imagina se não iam gostar disso!

Mas caso você decida comprar a barra em outro momento é possível ainda fazer com cadeiras, mesa, parapeito, corrimão ou qualquer apoio que você tenha em casa! É a melhor das opções? Definitivamente não! Ter uma barra também me motivou mais a dançar de casa, no caso da casa dos meus pais. Em casa fiquei com as cadeiras e também serviu. A barra é melhor, mas não tê-las na minha casa não me impede de fazer e dar minhas aulas.

O que quero dizer mais uma vez: se pode ter o melhor, tenha! Mas se não tiver, que isso não te impeça! A única ressalva é que o seu apoio NÃO PODE TER RODINHAS! Ele tem que ser seguro para você se apoiar nele e confiar que ele vai ficar no lugar.

4. Espelho: é realmente necessário?

Nas minhas duas salas não coloquei espelho para dançar. Não tinha lugar para colocar espelho a mais na casa em nenhum dos 2 casos então acabei ficando sem mesmo. O lado bom é que a gente acaba ganhando mais consciência corporal. É um pouco mais difícil saber se estamos acertando, mas quando isso desenvolve, a gente ganha muito, fora que acaba com a dependência de olhar para o espelho toda hora. Não é o melhor dos mundos, mas tem suas vantagens.

5. Preciso realmente de um espaço grande?

A verdade é que se você tiver um espaço maior, melhor! Mas se você não tiver, é totalmente adaptável. Vocês puderam ver que na minha casa eu coloquei o linóleo bem embaixo de onde o tapete ficava. Assim poupa espaço (eu não preciso de um espaço a mais só para isso) e protege o linóleo (porque imagina os arranhões de arrastar a mesinha de centro em cima dele e de ficar pisando com sapatos de dia-a-dia em cima dele?).

O ballet online foi justamente pensado para a maior parte das bailarinas que têm pouco espaço em casa e não têm piso flutuante! Ou seja: se você está preocupada com as sequências de deslocamento, quando elas existem, o deslocamento é muito pequeno e os saltos, quando são feitos, são muito poucos e apenas os pequenos saltos. Tudo pensando na sua segurança e no espaço que você tem disponível.

Mas fica a dica que se você quiser ser bailarina profissional, o ideal é que você já tenha voltado ou já volte logo às suas aulas presenciais!

Agora, se você quer dançar porque você gosta ou ainda quer um reforço nas suas aulas, fazendo aulas de casa, o online pode ser uma ótima opção. Eu dou aulas de ballet online. A minha primeira turma já está montada! Dou aulas toda quarta e toda sexta às 19h para adultas iniciantes! Se você tiver interesse clica aqui para falar comigo que eu vou ter prazer eu te receber na turma.

 

E era isso por hoje!

Até o próximo post!