E finalmente chegou o GRANDE DIA! Meu solo de Satanella ficou pronto e eu mostrei para vocês todo o processo: como foi ensaiar de casa (filmei todos os ensaios), as correções que a minha professora fez em mim, como ficou o espaço que eu ensaiei, a minha evolução…

Esse ano de 2020 foi difícil para todas nós: quem diria que algum dia íamos ter que dançar ballet de casa? Quem é que não teve que se adaptar a esse novo tipo de rotina?

O final de ano sempre foi a minha época do ano preferida, inclusive por causa da apresentação de ballet que é nessa época. Eu AMO esse clima de ensaios, de se preparar, de provar os figurinos… Mas esse ano foi tudo diferente do que pensávamos. Muitas escolas de ballet não tiveram espetáculos (foram adiados ou cancelados). Até que a minha professora teve a ideia do espetáculo ser online: cada aluna teria uma variação de solo de repertório, íamos mandando vídeos para correções, e depois, a versão final. Com todas as versões finais, uma das alunas iria editar e transformar todos os vídeos num lindo espetáculo online. O espetáculo em si eu não vou poder mostrar, o que eu posso mostrar, é como a minha variação, o solo de Satanella, ficou.

Satanella é uma variação feminina MUITO cansativa e muito difícil! Foi uma felicidade sem igual vencer mais esse desafio, mesmo dançando de casa! Eu continuo sendo uma bailarina que tem dificuldade nos giros, ainda mais na ponta! Cheguei a pensar em desistir desse solo, que foi mais difícil que o de Paquita do ano passado, mas devemos pensar que quando a nossa professora nos desafia é porque ela acredita que somos capazes. E, se ela que conhece nossa dança com todas as nossas qualidades e dificuldades, acredita no nosso potencial, nós devemos acreditar também! Você que está me lendo, tenha isso em mente também e nunca duvide de você!

Foram meses de ensaios e todas as semanas eu enviava vídeos para a minha professora corrigir o que precisava ser melhorado. Perfeito é claro que não ficou! Mas vi claras evoluções e quero que vocês vejam também e percebam que é possível treinar ballet de casa (não tem espaço ou algum passo ainda é difícil para você? é possível adaptar para que a variação fique melhor para você – por exemplo, no meu caso, eu troquei a pirueta en dedans para somente en dehors porque eu ainda não masterizei as en dedans na ponta; algumas meninas fizeram trocas de passos porque não tinham uma sala grande que nem a minha).

Para ver tudo isso que eu disse, é só assistir o vídeo abaixo que eu mostrei tudo e dei várias dicas!

Postei também no YouTube um vídeo para quem quer assistir APENAS a COREOGRAFIA e ver apenas o RESULTADO FINAL. É só assistir o vídeo logo abaixo:

 

Se você viu os vídeos, gostou e quer conhecer TUDO sobre esse ballet que é apaixonante, clica nesse link aqui porque eu fiz aqui no blog um post completíssimo sobre ele! Lá eu conto, por exemplo, porque esse ballet também tem o nome de “Le Diable Amoureux”ou ainda Carnaval em Veneza!

 

E eu vejo vocês no próximo post!