Olá bailarinas!

Como eu estava devendo para vcs, hoje vou contar as minhas experiências com cada sapatilha de ponta que eu já usei em todos esses anos de ballet.

No vídeo abaixo eu conto cada detalhe:

Millenium – minha primeira sapatilha de ponta quando comecei em 2001. Foi uma sapatilha muito boa na época para iniciantes, mas eu não conseguia fazer meia ponta com ela e ela fazia muito barulho. Usei os modelos Sylphide e Preludio, mais fraca e mais dura respectivamente.

Capezio Contempora – por volta de 2004 – para mim não foi uma experiência boa, pq eu sentia que ela me jogava para trás; então usei poucas aulas pq não me adaptei.

Cecilia Kerche – usei em 2008 e 2009 os modelos odile e equilibre. Foram as minhas brasileiras preferidas, ficavam bonitas no meu pé, não fazia barulho e tinha gáspea baixa, algo que gosto muito, já que tenho um pé bem pequenininho e não tenho tanto colo de pé. Hoje em dia virou Só Dança.

Gaynor – a partir de 2010. Minha sapatilha preferida até agora! Confortável, dura mais pelo seu material, que não é gesso como as tradicionais, não faz barulho, fica bonita no pé (vc pode escolher cada detalhe da sapatilha: dureza, largura do box, altura da gáspea, do calcanhar). A grande desvantagem é o preço dela.

Em breve vou gravar também sobre a minha experiência com a sapatilha de ponta Pirouette da Evidence! Fiquem ligados!

Se vc usa uma sapatilha que eu não falei, comenta aqui que eu vou adorar saber a sua experiência também!

Até o proximo post!!!