Vamos começar!

coppélia

aprenda sobre o ballet mais dançado da ópera de paris

Coppélia é um ballet-cômico de 2 atos e 3 cenas. estreia mundial: 25 de maio de 1870 na ópera de paris. coreografia: arthur saint-léon música: léo delibes personagens: swanilda: giuseppina bozacchi franz: eugenie fiocre

ficha técnica

libreto

libretistas: charles nuitter  e arthur saint léon. baseado em dois contos de E.T.A HOFFMAN, "DER SANDMANN" E "Die Automate". o ballet se chamaria "a menina dos olhos de esmalte" em referência à boneca, mas acabou ficando só o nome dela: coppélia.

enredo

o ballet se passa na galícia, uma província da áustria.

swanilda e franz sÃO UM CASAL APAIXONADO. MAS...

o franz começa a trocar flertes com uma moça que ele avista da janela de uma das casas: coppélia.

há uma lenda na região, que quando um casal escuta o barulho do trigo, há harmonia e eles vão se casar.

após ver a cena do franz jogando beijos para coppélia na janela, ela sacode um trigo nos ouvidos de franz e ele não ouve nada.

swanilda fica furiosa com toda a situação e rompe tudo entre eles.

em um certo momemto, durante a dança das amigas de swanilda, dr coppelius, um inventor da cidade deixa sua chave de casa cair no chão.

swanilda e suas amigas pegam a chave e entram escondidas na casa do dr coppelius.

lá elas encontram bonecas mecânicas de todos os tipos e descobrem que coppélia não era uma moça, mas um das bonecas de dr. coppelius.

franz entra na casa de dr coppélius pela janela com a ajuda de uma escada e conta que está apaixonado pela sua filha.

dr coppélius tem uma ideia: oferece vinho para franz até ele cair no sono.

ele usa seu livro de feitiços para usar a força vital de franz para dar vida à coppélia.

swanilda coloca as roupas da coppélia e começa a fingir que é a boneca que ganhou vida. dr coppélius fica super animado!

swanilda intercala suas danças de boneca com dr coppelius e tentativas de acordar o franz.

franz acorda e todos fogem da casa do dr coppélius a salvo.

swanilda e franz voltam a se entender e se casam.

mas dr coppelius exige uma indenizaçao pelos prejuízos das suas bonecas.

há versões em que a indenização é paga com o dote do casamento de swanilda e outras que o burgomestre da cidade o paga.

mas o casal principal fica junto no final.

coppélia vai marcar uma crise que o ballet francês vivieu no séc. xix. uma mulher vai interpretar o papel masculino de franz, que só vai ser interpretado por homens muitos anos depois.

curiosidades

a jovem giuseppina bozacchi tinha apenas 16 anos quando interpretou swanilda. ERA PARA SER OUTRA BAILARINA. a coreografia teve que ser adaptada para que ele pudesse fazer e mesmo assim foi um sucesso.

uma pena que o sucesso da jovem bailarina durou pouco. a guerra franco-prussiana eclodiu, paris ficou sitiada e a bailarina morreu de febre tifóide bem no dia do seu aniversário de 17 anos.

poucos meses depois da estreia do ballet, arthur saint-léon, o coreógrafo também morreu de um ataque cardíaco devido à exaustão.

um ano após a estreia do ballet, chegou a vez de leontine BEAUGRAND brilhar! ela era a bailarina sugerida para estrear o ballet. ela fez um verdadeiro sucesso e chegou a ser apontada como uma sucessora de carlotta grisi.

apesar das tragédias dos bastidores da estreia, coppélia é sucesso de público e crítica e é o mais dançado da ópera de paris. em 90 anos foi dançado 711 vezes!

no brasil coppélia foi dançado pela primeira vez no dia 9 de maio de 1918 com Wlasta Maslova e Alexandre Volvinine nos papéis principais. em algumas temporadas a própria pavlova foi a swanilda.

foi um ballet que marcou a carreira da nossa ana botafogo. foi a primeira vez que ana subiu nos palcos do theatro municipal como primeira bailarina.

a valsa da swanilda ficou tão famosa aqui no brasil que na década de 1940 um programa da rádio começava após a valsa tocar.

E.T.A. HOFFMANN BASEOU O LIBRETO DE COPPÉLIA E MAIS TARDE TAMBÉM VAI BASEAR O DE QUEBRA-NOZES.