Tutu da Ju https://tutudaju.com Meu blog de ballet Thu, 16 Jan 2020 16:31:43 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.3.2 Cursos de férias – Janeiro de 2020 https://tutudaju.com/cursos-de-ferias-janeiro-de-2020/ https://tutudaju.com/cursos-de-ferias-janeiro-de-2020/#respond Thu, 16 Jan 2020 13:56:59 +0000 https://tutudaju.com/?p=1329 Oi pessoal! Estamos em janeiro, época em que a maioria de nós, bailarinos, temos mais tempo livre e, portanto, mais disponível para várias atividades. Nessa época do ano, muitos de nós decide tirar férias total do ballet. E isso não é errado! Afinal, só nós sabemos o quanto o ano letivo pode ser cansativo! Mas […]

O post Cursos de férias – Janeiro de 2020 apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Oi pessoal!

Estamos em janeiro, época em que a maioria de nós, bailarinos, temos mais tempo livre e, portanto, mais disponível para várias atividades. Nessa época do ano, muitos de nós decide tirar férias total do ballet. E isso não é errado! Afinal, só nós sabemos o quanto o ano letivo pode ser cansativo! Mas fazer cursos de férias pode ser extremamente benéfico para nós enquanto bailarinos! Pode nos trazer novas visões (por fazermos aulas com outros professores diferentes do nosso), outras correções, outro estilo de aula, novos aprendizados… Fora que o corpo não volta ao ano letivo enferrujado e que parece que nunca fez ballet na vida!

Enfim! Seriam inúmeros benefícios caso você decida por não parar de dançar nas férias. Mas caso você já decidiu que quer sim dançar nas férias, esse post é para você! E, eu sei que pode parecer SIM em cima da hora, mas muitos cursos aceitam que se faça a inscrição na hora, caso haja vaga. Então, vou listar alguns cursos de férias aqui para ajudar você a se decidir.

1) Rio de Janeiro

1. Petite Danse

A Petite é a minha escola e todo ano oferece cursos de férias nessa época do ano, tendo de vários níveis e de várias modalidades também. É possível ter desconto, caso faça mais de um curso e é possível se inscrever no dia das aulas, caso haja vaga. Você também pode escolher quantas semanas de curso você quer fazer ou se quer fazer aulas avulsas. Tem curso de pas de deux, de técnico, de ballet adulto, de jazz…. Os cursos nesse ano somente acontecem na unidade Tijuca.

Para mais informações, e escolher o que você mais gosta, só clicar no link abaixo:

Cursos de dança nas férias

2. Centro de movimento Deborah Colker

Também com cursos bastante diversificados de várias modalidades e níveis, tanto na unidade Gávea, quanto na Glória.

Para mais informações:

https://www.cmdc.art.br/cursos

 

3. X Dance

É um workshop com vários cursos, podendo fazer aulas avulsas ou pacotes, incluindo várias modalidades, como ballet, jazz e danças urbanas. Você vai poder fazer aulas com estrelas da nossa dança como Ana Botafogo e Cecília Kerche. O X dance vai acontecer do dia 27 de janeiro a 02 de fevereiro na Cidade das Artes.

Para mais informações, como preços, os professores e grade de horários:

https://www.sympla.com.br/x-dance-dia-27-de-janeiro—aulas-avulsas-8xjazz-6xballet-xspecials-x-urbanas__656213

 

4. Congresso Work Dance

É um evento para bailarinos e professores de dança aprimorarem seus conhecimentos. Vai acontecer do dia 18 a 27 de janeiro no Centro coreográfico. Também vai ter vários professores de várias modalidades.

Para saber mais:

https://www.facebook.com/events/324674458322622/permalink/348123625977705/

 

5. Escola de Dança da Barra

Algumas turmas já começaram. Mas tem também para várias modalidades.

Para conferir as opções:

https://www.instagram.com/escoladancabarra/

 

2) São Paulo

1. Mostra Dança

Com cursos para alunos e para professores, o Mostra Dança, tem uma gama de variedades: coach de variação, Vaganova, Baby Class, etc. A Cecília Kerche também dará aulas nesse curso. Alguns já começaram as aulas, mas vale a pena ver quais que ainda vão começar.

Basta ir no seguinte link:

https://www.mostradanca.com/cursosp

 

2. Estúdio de Ballet Cisne Negro

As aulas começam dia 20 de janeiro e tem desde o baby class até o adulto, podendo fazer aulas avulsas.

Para mais informações:

Cursos de Férias 2020

 

3. Bravo Ballet

As aulas vão do dia 20 de janeiro a 08 de fevereiro, tendo outras modalidades além do ballet clássico, como o ballet moderno, podendo fazer vários tipos de pacotes.

Para saber mais, basta ir no site abaixo:

https://www.bravoballetbrasil.com.br/

 

3) Minas Gerais

1. Mostra Dança

Similar ao de São Paulo, vai acontecer a partir do dia 27 de janeiro, também contando com as aulas da Cecília Kerche.

Para mais informações:

https://www.mostradanca.com/cursobh

 

2. Ballet Jomara Almeida

Vai do dia 20 a 30 de janeiro e tem cursos de ballet, jazz e sapateado.

Para saber mais:

https://www.sympla.com.br/curso-de-ferias-2020__745053

 

 

E esses foram os cursos de férias encontrados. E você vai fazer algum na sua cidade? Deixa aqui nos comentários para eu saber!

Até o próximo post!

 

 

O post Cursos de férias – Janeiro de 2020 apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/cursos-de-ferias-janeiro-de-2020/feed/ 0
Pirueta en dehors e en dedans – Não se confunda! https://tutudaju.com/pirueta-en-dehors-e-en-dedans-nao-se-confunda/ https://tutudaju.com/pirueta-en-dehors-e-en-dedans-nao-se-confunda/#respond Sun, 12 Jan 2020 14:27:59 +0000 https://tutudaju.com/?p=1337 Oi gente linda que acompanha meus contéudos! Um dia, uma seguidora do Instagram me perguntou qual era a diferença entre pirueta en dehors e pirueta en dedans porque ela sempre se confundia e sempre se embolava na aula. Decidi, então, transformar esse tipo de conteúdo em vídeo pro canal do YouTube. Logo, como vocês já […]

O post Pirueta en dehors e en dedans – Não se confunda! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Oi gente linda que acompanha meus contéudos!

Um dia, uma seguidora do Instagram me perguntou qual era a diferença entre pirueta en dehors e pirueta en dedans porque ela sempre se confundia e sempre se embolava na aula. Decidi, então, transformar esse tipo de conteúdo em vídeo pro canal do YouTube.

Logo, como vocês já estão acostumados aqui, primeiro, teremos o vídeo que eu fiz pro canal, que está super explicativo, e abaixo dele, a descrição do que foi falado.

Embora, algumas pessoas possam achar que essa poderia ser uma dúvida boba ou idiota, lembre-se de que não existe isso de dúvida idiota! Ninguém nasce sabendo de tudo! Logo que começamos o ballet, entramos num mundo novo com um vocabulário totalmente novo, então, é perfeitamente compreensível esse tipo de confusão, ainda mais entre as bailarinas iniciantes.

Portanto, para que você nunca mais confunda en dehors e en dedans, é importante que você saiba o seguinte: en dehors é para fora, em relação à perna de base, e en dedans, é para dentro. Logo, praticamente qualquer pirueta pode ser en dehors ou en dedans (de quarta, de quinta no passé, no attitude, no arabesque e até mesmo o fouetté!).

E, no ballet, não só as piruetas podem ter essa variação, mas muitos outros passos também existem em en dehors e en dedans, como por exemplo o rond de jambe. E algumas vezes até mesmo o sentido de execução de uma sequência pode ser en dehors (começando de dentro para fora) ou en dedans (começando de fora para dentro). Mas esse não foi o assunto desse vídeo. Citei apenas para ilustrar.

Espero ter deixado clara essa diferença para vocês e que vocês NUNCA mais façam esse tipo de confusão em sala de aula!

Em breve, quando eu masterizar minha pirueta tripla, prometo que faço vídeo para o canal com dicas para melhorar!

Até o próximo post!!!

O post Pirueta en dehors e en dedans – Não se confunda! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/pirueta-en-dehors-e-en-dedans-nao-se-confunda/feed/ 0
Como limpar a técnica no ballet – 13 dicas para te fazer melhorar! https://tutudaju.com/como-limpar-a-tecnica-no-ballet-13-dicas-para-te-fazer-melhorar/ https://tutudaju.com/como-limpar-a-tecnica-no-ballet-13-dicas-para-te-fazer-melhorar/#respond Thu, 09 Jan 2020 15:02:31 +0000 https://tutudaju.com/?p=1309 Oi pessoal! Hoje saiu um novo vídeo no canal! Separei algumas pequenas dicas para limpar a sua técnica no ballet que com certeza vão te fazer melhorar mais rápido! Primeiro, o vídeo do canal para você assistir, e abaixo por escrito, dica por dica para você não perder nenhuma!   1. Decore as sequencias com […]

O post Como limpar a técnica no ballet – 13 dicas para te fazer melhorar! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Oi pessoal!

Hoje saiu um novo vídeo no canal! Separei algumas pequenas dicas para limpar a sua técnica no ballet que com certeza vão te fazer melhorar mais rápido!

Primeiro, o vídeo do canal para você assistir, e abaixo por escrito, dica por dica para você não perder nenhuma!

 

1. Decore as sequencias com detalhes!

Evite colar! Pq se não, você não sabe o que está fazendo. E a pessoa que está na sua frente também pode errar. Você só vai saber fazer a sequência com perfeição, passo por passo se você decorar! Isso vai dar a segurança que você precisa e você vai ter a certeza do que está fazendo.

Lembrando que temos post no blog sobre esse assunto. Basta clicar aqui.

2. Não ignore os passos de ligação.

Passos de ligação são os passos que conectam uns aos outros, como pas de bourées, glissades, posés, etc. Conte quantos são e saibam antes do que eles vem.

3. Conte quantos passos iguais de cada a sequencia tem.

Isso vai evitar com que a sua sequência fique embolada! Ex: quantos soubressauts tem naquela sequencia de saltos?

4. Estica esse pé! O tempo todo!

O pé vai na frente num tendu, num degagé, estica! Saiu do chão, num salto, estica! Pensa nisso o tempo todo! Nada de pé frouxo! Isso com certeza vai te dar mais limpeza!

5. Observe como você caminha!

Seus pés estão esticados? Você anda muito dura? Seus braços acompanham a caminhada?

A caminhada no ballet também tem técnica! Não pode ser de qualquer maneira! Deve ser linda e natural, en dehors, com os pés esticados e com os braços bem colocados!

Vai ser isso, além de outras coisas, que vai diferenciar se a bailarina é iniciante ou é avançada e dedicada.

6. Não abandone seus braços!

Os braços definem o estilo e a técnica e dão limpeza! Eles têm a colocação correta de serem feitos desde a barra e não devem ser abandonados em momento algum!

Tem vídeo no canal sobre isso! É só clicar aqui!

7. Saiba os pontos da sala e as direções do corpo.

Geralmente, os pontos da sala de ballet são contados ponto a ponto no sentido horário, começando pela frente ao público ou espelho. São eles que vão definir as direções do seu corpo na sala de aula.

Se você ainda tem dúvidas sobre esse assunto, clica aqui que tem vídeo no canal sobre isso.

8. Musicalidade!

A música dita o ritmo de como a sequência deve ser feita e onde entra cada passo. Ouça a música e saiba fazer cada passinho no tempo certo! Não atropele a sequencia só pq tem giro ou salto!

9. Fecha a costela!

No ballet, sempre trabalhamos com a costela fechada! E tem um porquê. Vai te ajudar nos balances, nas piruetas, na perna alta, no en dehors…

Falei um pouco mais sobre isso no vídeo sobre postura. Se você ainda não assistiu, ele está aqui!

10. Repetição

Repetição no ballet nunca é demais! Vai ser o que vai fazer a técnica aperfeiçoar e limpar. Repete, repete, repete! Até o movimento entrar no corpo e ficar natural para você. E repete principalmente os passos e movimentos que você mais tem dificuldade!

11. Relevé é vida!

Vai ter fortalecer e facilitar a subida na ponta, inclusive fazer balances, piruetas e tudo que tiver relevé. Também falei mais sobre isso nesse vídeo aqui que eu dei várias dicas para melhorar na ponta.

12. Se filme!

Pode dar vergonha e você se sentir estranha! Mas faça isso, nem que seja deixando o celular num cantinho da sua sala. Isso vai ajudar você a ver quais erros você está cometendo e te impedindo de melhorar. Você não precisa postar em lugar nenhum se não quiser! É só para se olhar depois e ver como corrigir. E ainda pode servir como uma comparação de você mesma e ver o quanto você evoluiu, sendo um estímulo a mais para você continuar dançando!

13. Estude MUITO!

Leia sobre o ballet que você está dançando, veja outras bailarinas dançando, que você pode entender pq o seu movimento está errado.

 

Espero que as dicas ajudem você a começarem esse ano de ballet com tudo, melhorando cada vez mais!

Até o próximo post!

O post Como limpar a técnica no ballet – 13 dicas para te fazer melhorar! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/como-limpar-a-tecnica-no-ballet-13-dicas-para-te-fazer-melhorar/feed/ 0
Pointé , piqué e posé no Royal! – Não confunda com os outros métodos do ballet! https://tutudaju.com/pointe-pique-e-pose-no-royal-nao-confunda-com-os-outros-metodos-do-ballet/ https://tutudaju.com/pointe-pique-e-pose-no-royal-nao-confunda-com-os-outros-metodos-do-ballet/#respond Sun, 05 Jan 2020 15:25:21 +0000 https://tutudaju.com/?p=1343 Oi pessoal! Venho estudado algumas diferenças entre os métodos do ballet. Aqui no blog, já tem outros posts sobre eles, contando a história do surgimento deles, arabesques, braços. Por isso, tem uma categoria aqui no blog sobre isso. Sempre que eu escrever sobre esse assunto vai estar lá. Para ver o que já escrevi sobre […]

O post Pointé , piqué e posé no Royal! – Não confunda com os outros métodos do ballet! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Oi pessoal!

Venho estudado algumas diferenças entre os métodos do ballet. Aqui no blog, já tem outros posts sobre eles, contando a história do surgimento deles, arabesques, braços. Por isso, tem uma categoria aqui no blog sobre isso. Sempre que eu escrever sobre esse assunto vai estar lá. Para ver o que já escrevi sobre as metodologias, basta clicar aqui.

A ideia do post de hoje surgiu pela sugestão do meu professor de terminologia e história da dança, Paulo Melgaço, com quem eu absorvi muitos conhecimentos que eu compartilho aqui com vocês.

Esse assunto virou um vídeo no canal para que vocês possam visualizar melhor. Então, como de costume, vamos primeiro com o vídeo do canal, e logo abaixo as explicações por escrito.

1. Pointé

Nos outros métodos do ballet é o passo que conhecemos que a perna esticada na frente, ao lado ou atrás, toca o chão com a ponta dos dedos rapidamente e volta. No Royal, esse passo é chamado de piqué.

2. Piqué

Conhecemos nos outros métodos como qualquer passo em que pisamos direto sobre a ponta ou meia ponta com essa perna que pisa esticada. Mas no Royal, esse passo é conhecido por posé, inclusive as piruetas que conhecemos como tour piqué en dehors ou en dedans, nesse método, vai virar tour posé en dehors ou en dedans.

3. Posé

No outros métodos é um passo de ligação, que conecta um passo e outro, uma pisada entre um passo e outro, podendo ser, posé seguido de assemblé, por exemplo. No Royal, vimos que o posé vai ser o piqué.

 

Parece confuso, mas é só questão de prática e de se acostumar com essa linguagem diferente.

Aguardem mais posts sobre essas diferenças!

Nunca mais se confunda entre o Royal e os outros métodos do ballet clássico!

Até o próximo post!

O post Pointé , piqué e posé no Royal! – Não confunda com os outros métodos do ballet! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/pointe-pique-e-pose-no-royal-nao-confunda-com-os-outros-metodos-do-ballet/feed/ 0
Pontos da sala de ballet e direções do corpo – Nunca mais se perca dentro da sala de ballet! https://tutudaju.com/pontos-da-sala-de-ballet-e-direcoes-do-corpo-nunca-mais-se-perca-dentro-da-sala-de-ballet/ https://tutudaju.com/pontos-da-sala-de-ballet-e-direcoes-do-corpo-nunca-mais-se-perca-dentro-da-sala-de-ballet/#respond Sun, 29 Dec 2019 16:17:24 +0000 https://tutudaju.com/?p=1294 Oi gente! Hoje saiu o último vídeo do canal do ano (ano que vem tem muiiiiito mais!!!! Me aguentem pq quero fazer vídeo toda quinta e todo domingo!!!) e nele expliquei como contar os pontos da sala e as direções do corpo para ninguém NUNCA MAIS ficar confuso durante as aulas de ballet!!! Primeiro, o […]

O post Pontos da sala de ballet e direções do corpo – Nunca mais se perca dentro da sala de ballet! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Oi gente!

Hoje saiu o último vídeo do canal do ano (ano que vem tem muiiiiito mais!!!! Me aguentem pq quero fazer vídeo toda quinta e todo domingo!!!) e nele expliquei como contar os pontos da sala e as direções do corpo para ninguém NUNCA MAIS ficar confuso durante as aulas de ballet!!!

Primeiro, o vídeo do canal abaixo para você assistir e logo após as explicações por escrito!

 

1) Formas de contagem dos pontos:

Existem duas formas de se contar os pontos da sala de ballet:

1. Escola Italiana:

Conta-se no sentido anti-horário, começando pelos cantos, depois pelos meios;

2. Escola russa (vaganova) e as demais escolas:

Conta-se no sentido anti-horário ponto a ponto.

É o mais usado em todas as escolas de ballet pelo mundo! Por isso é o que vamos focar aqui! Falei da italiana mais para vocês saberem que existe!

2) Direções do corpo contadas pela escola russa:

1. En face (de frente) ou Quatrieme:

O corpo se posiciona totalmente de frente para o público (ponto 1). Tanto faz se com a perna direita ou com a perna esquerda. Pode ser devant ou derriére.

2. Croisé (cruzado):

Devant:

Perna Direita: ponto 8

Perna Esquerda: ponto 2

Derriére:

Perna Direita: ponto 2

Perna Esquerda: ponto 8

 

3. Effacé (apagado) ou Ouvert (aberto):

Devant:

Perna Direita: ponto 2

Perna Esquerda: ponto 8

Derriére:

Perna Direita: ponto 2

Perna Esquerda: ponto 8

 

4. Ecarté (Separado)

Devant:

Perna Direita: corpo no ponto 8 e perna no ponto 2

Perna Esquerda: ponto 2 e perna no ponto 8

A cabeça olha para a mão de cima, que é a mesma da perna de trabalho.

Derriére:

Perna Direita: corpo no ponto 2 e perna no ponto 4

Perna Esquerda: ponto 8 e perna no ponto 6

A cabeça olha para a mão de baixo, que é a mesma da perna de base.

Nas demais posições, as cabeças e braços são variáveis a escolha do seu professor.

 

Espero que agora ninguém  nunca mais se perca na aula!!!

Até o próximo post!!!

O post Pontos da sala de ballet e direções do corpo – Nunca mais se perca dentro da sala de ballet! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/pontos-da-sala-de-ballet-e-direcoes-do-corpo-nunca-mais-se-perca-dentro-da-sala-de-ballet/feed/ 0
Coreorafia Céu – A coreografia de ballet mais linda do ano! https://tutudaju.com/coreorafia-ceu-a-coreografia-de-ballet-mais-linda-do-ano/ https://tutudaju.com/coreorafia-ceu-a-coreografia-de-ballet-mais-linda-do-ano/#respond Thu, 26 Dec 2019 15:56:19 +0000 https://tutudaju.com/?p=1288 Oi Pessoal! Esse post é para colocar aqui para vocês a coreografia que dancei no final de ano no espetáculo da Petite Danse! Foi a que foi eleita a melhor coreografia do espetáculo “Alice no Brasil das Maravilhas”. Foi um dos meus desafios e sonhos realizados em 2019, pela dificuldade dos passos e por eu […]

O post Coreorafia Céu – A coreografia de ballet mais linda do ano! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Oi Pessoal!

Esse post é para colocar aqui para vocês a coreografia que dancei no final de ano no espetáculo da Petite Danse! Foi a que foi eleita a melhor coreografia do espetáculo “Alice no Brasil das Maravilhas”.

Foi um dos meus desafios e sonhos realizados em 2019, pela dificuldade dos passos e por eu dançar de tutu (eu tive que fazer pirueta dupla com o partner com uma bandeja enorme)! Mas no final, o resultado foi incrível!!!

Assista o vídeo abaixo que ela está linda demais e o figurino a deixou mais linda ainda!!!

Coreografia: Céu do Brasil

Coreógrafa: Patricia Salgado

Figurino: Marilda Fontes

Partners: Vitor Valdisser e Julio Frazão

O post Coreorafia Céu – A coreografia de ballet mais linda do ano! apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/coreorafia-ceu-a-coreografia-de-ballet-mais-linda-do-ano/feed/ 0
Tudo o que você precisa saber sobre o ballet O Quebra-Nozes https://tutudaju.com/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-o-ballet-o-quebra-nozes/ https://tutudaju.com/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-o-ballet-o-quebra-nozes/#comments Mon, 23 Dec 2019 18:00:32 +0000 https://tutudaju.com/?p=1228 Estamos em dezembro e nessa época do ano um dos ballets mais apresentados no mundo inteiro é O Quebra-Nozes. Por isso, o post de hoje é dedicado a ele. Num post anterior já escrevi um pouco sobre a história por de trás desse ballet bem resumidamente link aqui, mas no de hoje vamos mais a […]

O post Tudo o que você precisa saber sobre o ballet O Quebra-Nozes apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Estamos em dezembro e nessa época do ano um dos ballets mais apresentados no mundo inteiro é O Quebra-Nozes. Por isso, o post de hoje é dedicado a ele. Num post anterior já escrevi um pouco sobre a história por de trás desse ballet bem resumidamente link aqui, mas no de hoje vamos mais a fundo. Vamos contar qual o enredo, qual o contexto de sua criação, algumas versões e também algumas curiosidades.

1. Enredo

A história desse ballet se passa na véspera do Natal de uma família alemã no século XIX. Jans Stahlbaum oeferece à sua família e amigos uma incrível festa natalina.

Clara e Fritz, seus filhos, estão ansiosos pelos presentes que irão receber. O padrinho da menina, Drosselmeyer, chega um pouco atrasado, aumentando o suspense das crianças. Ele distribui presentes para todos, e entrega para Clara um presente especial, um quebra-nozes, que deixa a garota encantada. O boneco veste uniforme de soldado, e chama a atenção de Fritz.

O menino logo toma o brinquedo da irmã e, desajeitado, o quebra, deixando Clara desolada. Nem a neve, que confere um ar mágico a esta noite, é capaz de consolar a menina. Mesmo assim seu padrinho lhe garante que tudo será resolvido. A festa logo termina e todos os convidados voltam para suas casas.

Clara abraça o boneco com a intenção de fazê-lo dormir, mas ela logo cai no sono. De repente ela acorda e percebe que seu Quebra-Nozes encantado agora adquiriu vida própria. Mas a alegria da menina não dura muito! De todas as partes surgem ratos terríveis, liderados pelo Rei dos Ratos! O brinquedo agora com vida imediatamente enfrenta este exército, defendendo Clara. Os ratos são derrotados e levam embora o rei ferido.

Logo depois um antigo encanto se rompe e o Quebra-Nozes vira um príncipe, que sai ao lado de sua nova amiga, viajando por uma paisagem mágica, a Terra da Neve, na qual se deparam com flocos de neve que dançam. Depois vão para a Terra dos Doces, sendo recebidos pela Fada Açucarada e seus companheiros: Chocolate Quente da Espanha, Café da Arábia, Chá Chinês, Pirulitos, Marzipans, Mamãe Bombom e seus polichinelos, e Gotas de Orvalho com suas Guirlandas de Flores.

Neste reino encantado o Quebra-Nozes narra suas desventuras; ele e Clara são recompensados, ao fim da história, com várias delícias oferecidas pelos simpáticos personagens. Eles também dançam para os dois. No final, Clara desperta e então se dá conta de que tudo não passou de um sonho. Mas os feitos extraordinários vividos nesta Noite de Natal, mesmo no universo da imaginação, permanecerão para sempre em sua memória.

2. Contexto de sua criação

Apesar de ter se tornado um dos ballets mais queridinhos e populares do mundo inteiro, O Quebra-nozes nem sempre foi estimado por quem o estava criando. A verdade é que Tchaikovisky não queria compor as músicas para esse ballet por ter uma tématica infantil.

Após o sucesso do ballet “A Bela Adormecida”,  Ivan Vsevolozhsky, diretor dos Teatros Imperiais, queria encomendar outro ballet e entregou a Tchaikovisky essa missão. Entretanto, o compositor não tinha gostado dessa obra, apostando no sucesso de outra: a Ópera Iolanta.

Então, para compor as músicas do ballet, Tchaikovisky negociou que a ópera faria parte do pacote. Tchaikovisky demorou por volta de apenas um mês para compor as músicas desse ballet, mas perdeu um pouco mais de tempo para a sua estreia devido a essa negociação. 

A estreia mundial do Quebra-Nozes foi em 18 de dezembro de 1892 juntamente com a Ópera “Iolanta” na Rússia no Teatro Mariinsky. Resultado: Tchaikovisky estava errado em relação às suas duas obras. O Ballet até hoje é um sucesso estrondoso e a Ópera, digamos que nem tanto assim. Mas acontece que Tchaikovisky nunca soube do sucesso que esse ballet faria, pois foi o último que ele compôs. No momento em que ele estava compondo o ballet, estava em profunda depressão e, em menos de um ano depois de ter escrito as músicas, ele faleceu.

Outro motivo também responsável por Tchaikovisky nunca ter sabido do sucesso desse ballet é que, tendo morrido menos de um ano depois da estreia, os críticos não viram a obra com bons olhos. Até tinham gostado do primeiro ato, mas não gostaram do segundo, falando que estava inconvincente e que faltava drama à história. 

Quanto à coreografia do Quebra-nozes, essa responsabilidade seria de Marius Petipá. Ele realmente tinha essa intenção de coreografar todo o ballet, mas adoeceu. Então, seu assistente, Lev Ivanov, continuou com esse encargo. Ele foi restringido pelas anotações detalhadas de Petipá sobre o enredo, mas teve a liberdade de expressar sua genialidade na coreografia dos flocos de neve e no grand pas de deux. 

3. Versões do ballet

Existem várias versões do ballet O Quebra-nozes. Vou citar aqui muito brevemente de cada uma delas.

  • Uma delas é a de Peter Wright para o Royal Ballet de 1984 em que ele mantém fragmentos sobreviventes do material original do ballet, incluindo o sublime pas de deux da Fada Açucarada e seu príncipe.Mas, ao enfatizar o relacionamento entre Clara e o Quebra-Nozes, a produção também ganha um subtexto comovente do primeiro amor. 

  •  Outra versão é também a de Christopher Wheeldon para o Joffrey Ballet feita em 1893 e relata a história aos imigrantes.

  • Uma outra é uma Sulafriacana do Joburg Ballet, “O Quebra-Nozes reimaginado”, que tem Drosselmeyer como um tradicional curandeiro africano, que mostra a Clara a beleza do continente, e inclui as botas usadas na dança russa.

  • A versão do Ballet Nacional da China tem como tema o Ano Novo Chinês e apresenta Tuantuan (Fritz) intimidando Yuanyuan (Clara) com nunchucks enquanto usava uma máscara de dragão verde, e ela sendo ajudada por tigres empunhando espadas.

  • Há também a versão de Nureyev para a Ópera de Paris, que não tem a Fada Açucarada nem o reino dos doces e o Drosselmeyer e o Príncipe são a mesma pessoa. 

4. Curiosidades

1. Na estreia mundial do ballet, a bailarina Antonieta Dell’Era interpretou o papel da Fada Açucarada (papel dado à primeira-bailarina). Já no Brasil, a primeira apresentação foi em 1957, montado por Eugenia Feodorova, dançado no Teatro João Caetano, ocasião em que Dalal Achcar fez o papel de Fada Açucarada. 

2. O ballet se baseia no conto de E.T.A. Hoffman, chamado “O Quebra-Nozes e o Rei dos Ratos”. Esse mesmo escritor vai também basear o libreto do ballet Coppélia.

 

3. “O Quebra-Nozes faz parte de uma trilogia Petipá-Tchaikovisky, juntamente com “A Bela Adormecida” e “O Lago dos Cisnes. Mas isso não quer dizer que essas histórias são continuações uma da outra, apenas que são trabalhos que o coreógrafo e o compositor fizeram juntos. 

4. O enredo é contado sobre a perspectiva de Clara, a menina que ganha o boneco Quebra-Nozes de seu tio na noite de Natal e cai no sono. Mas essa personagem também pode ser conhecida por “Marie” nos EUA ou ainda “Masha” na Rússia. 

5. O ballet se tornou uma grande febre após a versão de Balanchine de 1954 para o New York City Ballet e após ter sido televisionado em 1957 e 1958. Depois disso, especialmente nos EUA, se tornou quase obrigatório apresentar “O Quebra-Nozes” na época do Natal. 

6. Em 2018 foi lançado um filme com base no ballet, chamado “O Quebra-Nozes e os quatro reinos”. Mas a história original do ballet é modificada no filme. No filme a Fada Açucarada é má e conta com a participação da bailarina Misty Copeland.

 

Esse ballet tem ou não tem todas as razões para ser tão amado até hoje? O que vcs mais gostaram de saber? Me conta nos comentários! Até o próximo post!

 

O post Tudo o que você precisa saber sobre o ballet O Quebra-Nozes apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-o-ballet-o-quebra-nozes/feed/ 2
10 sugestões de presente de Natal para bailarina https://tutudaju.com/10-sugestoes-de-presente-de-natal-para-bailarina/ https://tutudaju.com/10-sugestoes-de-presente-de-natal-para-bailarina/#respond Mon, 16 Dec 2019 14:30:13 +0000 https://tutudaju.com/?p=1217 Olá pessoal! O Natal está chegando, por isso, o post de hoje é de sugestões de presente de Natal para bailarina. Se você tem uma bailarina na sua vida e não sabe o que dar de presente para ela, ou se você é bailarina é quer fazer a sua lista de Natal, aqui vão algumas […]

O post 10 sugestões de presente de Natal para bailarina apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Olá pessoal!

O Natal está chegando, por isso, o post de hoje é de sugestões de presente de Natal para bailarina. Se você tem uma bailarina na sua vida e não sabe o que dar de presente para ela, ou se você é bailarina é quer fazer a sua lista de Natal, aqui vão algumas sugestões.

1. Bijus de bailarina

Quase toda bailarina tem alguma coisa de biju de ballet: colar, pulseira, brinco… Eu tenho vários, e sinceramente, não canso de ganhar! AMO toda vez que ganho um! Para mim é dica certeira!

2. Maquiagem

Quase toda mulher usa maquiagem e nós bailarinas usamos ainda mais por causa das nossas apresentações! Maquiagem nunca é demais!

3. Enfeites e ítens de decoração de bailarina

Nem sempre a gente encontra tão facilmente nas lojas, mas toda bailarina gostaria de ter num cantinho especial da casa ou do quarto. Recentemente eu ganhei da minha tia uma parecida com essa e AMO! Deixei num cantinho junto com outra e uma caixinha de música, sendo um cantinho do meu quarto que eu tenho muito carinho!

4. Quebra-nozes

Que bailarina não ama o ballet O Quebra-nozes? Por isso, toda bailarina gostaria de ter um decorando a sua casa, especialmente no Natal. Minha amiga Natassia Massarani tinha dado a dica da loja Amigão, que fica aqui no Rio. Sei que na Tijuca e no Centro já acabaram os Quebra-nozes e estava a 40 reais. Mas nesse ano eu não desisti do meu! Acabei achando esse da foto no Aliexpress com frete grátis e 40 reais também. Se não for um problema para você chegar depois do Natal, pode ser uma boa opção. Basta ir nesse link aqui ou escolher algum outro que você goste mais.

5. Algo feito por você

Revele uma foto da bailarina dançando e coloque num porta retrato, faça ítens de decoração, como nos vídeos abaixo. Seja criativo que ela vai gostar!

6. Roupas de ballet

Quase semprev vai ter algo que nós bailarinas estamos precisando. Seja meia-calça, um collant, sainha… e é sempre bom renovar o guarda-roupa de ballet com peças novas para o próximo ano.

Eu sou uma das influenciadoras oficiais e revendo Petipá. A Petipá é uma marca super inovadora, feita de bailarina para bailarina e acaba de lançar sua nova coleção, com uma pegada bem casual: Partiu Férias! As peças Petipá se destacam por serem além de confortáveis e lindas, bastante versáteis, podendo ser usada no ballet e em looks do dia-a-dia.

Para mais informações, tirar dúvidas, saber tamanhos e preços, me chama no whastapp: (021) 98074-7733 ! Todas as compras podem ser parceladas, sendo a parcela mínima de 50 reais e enviamos para todo o Brasil!!!

7. Sapatilhas de ballet: ponta ou meia ponta

A gente usa todo dia, então também sempre vamos precisar delas! Com certeza é um EXCELENTE presente! Existem mil tipos e modelos de sapatilha de ponta e de meia ponta. Por isso, antes de presentear a sua bailarina com uma sapatilha, procure saber qual ela usa e qual o número dela.

8. Livros de ballet

Se a sua bailarina também gosta de ler, esse com certeza é um presente que ela vai gostar! Existem milhões de livros de ballet no mercado. Eu já fiz um post com cada um dos que eu tenho nesse link aqui (a maioria dos meus comprei na Amazon), mas esse da foto com certeza é um dos meus preferidos. Ele é em inglês (assim como boa parte dos livros de ballet), mas as fotos são lindas e conta toda a história do ballet, desde os primórdios até os dias atuais! Virou um dos meus queridinhos e é um dos que eu uso como fonte de consulta para os meus posts aqui.

9. DVDs de ballet

Image result for dvd ballet

Procure saber qual o repertório favorito da sua bailarina e a presenteie com um DVD dele! Com certeza ela vai amar! Dependendo, dá para achar em lojas físicas ou em sites como a Amazon.

10. Levar a algum espetáculo de ballet

Image result for dalal achcar conto de natal

Dezembro é a época do ano em que mais se passa espetáculo de ballet! A gente AMA ver e ter alguém que se interesse pela nossa arte a ponto de ir junto é algo que enche nossos corações. Uma dica é o espetáculo da Dalal Achcar, “Um conto de Natal” aqui no Rio de Janeiro. Mas se você não for do Rio, procure saber o que está passando na sua cidade.

 

E aí? Gostaram das dicas? Já decidiram o que vão dar para a sua bailarina de Natal? Me conta aqui nos comentários!

 

O post 10 sugestões de presente de Natal para bailarina apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/10-sugestoes-de-presente-de-natal-para-bailarina/feed/ 0
18 Dicas de palco para você arrasar na sua coreografia de final de ano https://tutudaju.com/18-dicas-de-palco-para-voce-arrasar-na-sua-coreografia-de-final-de-ano/ https://tutudaju.com/18-dicas-de-palco-para-voce-arrasar-na-sua-coreografia-de-final-de-ano/#respond Tue, 10 Dec 2019 18:44:35 +0000 https://tutudaju.com/?p=1213 Oi pessoal! O final de ano está aí e ainda tem muita gente se apresentando. Por isso no post de hoje separei dicas pra todo mundo aqui arrasar no espetáculo! 1. Fitinha aparecendo é PROIBIDO! É sério, gente! Dói o olho da sua professora e de quem está assistindo! Se na aula já é um […]

O post 18 Dicas de palco para você arrasar na sua coreografia de final de ano apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Oi pessoal!

O final de ano está aí e ainda tem muita gente se apresentando. Por isso no post de hoje separei dicas pra todo mundo aqui arrasar no espetáculo!

1. Fitinha aparecendo é PROIBIDO!

É sério, gente! Dói o olho da sua professora e de quem está assistindo! Se na aula já é um incômodo, que dirá em espetáculo! Existem algumas formas de se esconder a fita, pode ser costurando, pode ser com esparadrapo, não importa! O importante é ela não sair de jeito NENHUM! Inclusive já mostrei isso nesse vídeo aqui.

2. Sapatilha suja também é PROIBIDO!

Existem mil formas de limpar a sua sapatilha! Mas ATENÇÃO se a sua for dos materiais tradicionais NÃO MOLHE! No máximo paninho úmido e depois maquiagem ou mistura de nugget, como já falei nesse post aqui.

3. Tenha com você tudo o máximo de coisas reservas o possível

Leve sapatilha reserva além da que você for dançar e meia-calça reserva principalmente! Já pensou se a sua sapatilha de ponta atinge o seu último uso bem na hora da coreografia e você precisa dançar de novo? Ou se a sua meia ponta fura? Ou se a sua meia-calça rasga? Nesses momentos os reservas vão ser a sua salvação ou de uma amiga sua! E com certeza esses imprevistos nos deixariam ainda mais nervosas no grande dia, então, bora nos prevenir para isso não acontecer!

4. Use a sua melhor ponteira ou o que você costuma usar para proteger seus pés

A última coisa que queremos no dia do espetáculo é dançar pensando na dor! Certeza que isso nos faria dançar pior. Até existem bailarinas que conseguem dançar sem ponteira, mas se você, assim como eu não é uma delas, separe para o grande dia a sua melhor ponteira para que você possa dar o seu melhor! Eu tenho me adaptado super bem a ponteira fina e quadrada de silicone da Capezio, e você? Lembrando que nesse post aqui já falei um pouco dos possíveis tipos de ponteira.

Além das ponteiras, o esparadrapo pode ser um bom aliado em alguns lugares específicos. Se você for daquelas que usa, leve com você. Qualquer coisa que possa amenizar nossa dor, deve ser levado para o teatro sim! Mas mesmo que você não goste de colocar nos seus pés, leve também. Como dito lá em cima, ele também pode ser usado para cobrir o nózinho da sapatilha ou quebrar outros galhos.

5. No dia do espetáculo chegue com antecedência

Eu sempre chego por volta de 1h antes de dançar e já pronta. É melhor chegar antes com todo o tempo do mundo para se aquecer e marcar palco do que chegar em cima da hora! Isso deixa a gente nervosa e é tudo que a gente não quer nesse dia! Chegue antes, conheça o palco, o teatro e o seu camarim, caso você não conheça ainda e arrase!

6. Marque a coreografia antes de dançar

Se possível, antes de pisar no palco marque a coreografia antes. Isso vai te ajudar caso te dê algum branco em cima da hora. Tudo o que for possível de ser feito para evitar o nervosismo, tem que ser tentado. Se você dançar coreografias de grupo, marque inclusive com o grupo e todos os lugares! Com certeza vai te ajudar. Não precisa fazer para valer, marcar já ajuda!

7. Treine as suas dificuldades o máximo que puder

Quem me acompanha aqui e no Insta sabe que os giros sempre foram a minha maior dificuldade no ballet e eu sempre entrava em pânico toda vez que tinha pirueta na coreografia. Mas neste ano de 2019 eu decidi que eu ia ser SIM uma bailarina que gira. Para isso, eu pedi um solo que tinha pirueta e treinei pirueta O ANO TODO! Eu chegava antes da aula para treinar, sem ninguém me pedir. Eu treinei inclusive atrás da coxia antes de entrar no palco no dia da apresentação, coisa que eu não costumava fazer.

Resultado: eu colhi o que eu plantei e fiz piruetas duplas no meu solo e ainda consegui começar a fazer pirueta tripla. Não achem que melhorar no ballet é sorte, é dedicação! Quanto mais a gente treina, mais a gente melhora! Então, dê o seu melhor e treine o que mais você tem dificuldade. E, se possível, treine atrás da coxia SIM! Certeza que você vai se sentir mais confiante! Só esteja aquecida antes e verifique se tem espaço e se o chão não está escorregando! Assim. você vai arrasar!

8. Não falte seus ensaios

Eu já falei isso aqui algumas vezes, inclusive nesse post antigo. É normal a gente ter que faltar o ballet por alguns motivos específicos, mas não faça disso um hábito! Cada aula e cada ensaio conta SIM! A aula vai te ajudar a melhorar a técnica e o ensaio, a saber cada vez mais a coreografia. Não basta repetir a coreografia, mas ela tem que estar no corpo de uma forma que seja natural e automática para o seu corpo! Aproveite o máximo de cada ensaio. Se preciso, fique depois da aula ou chegue antes para tirar dúvidas ou treinar partes específicas. Isso vai te deixar certamente mais confiante na coreografia e aí então você vai começar a se preocupar em adicionar a arte nela, como uma expressão, um gesto mais bonito, etc, vai te fazer encarar o personagem melhor! Lembre-se de que nós bailarinos não somos meramente executor de passos, mas somos também artistas! Temos que passar uma emoção para a plateia, contar uma história e interpretar um papel. Então, se você já decorou a coreografia, acrescentar esses detalhes vai ficar muito mais fácil e deixar a sua dança mais bonita.

9. Controle sua respiração e seus pensamentos

Também já falei sobre isso aqui e no Insta, mas não custa repetir. Já viu como alguns pensamentos são autossabotadores e que eles podem deixar a gente mais nervosa? E como fica a nossa respiração quando isso acontece?

Então, se acalme e controle a sua respiração. Respire fundo se necessário e troque qualquer “ai, meu Deus, aquele passo”, por “vai dar tudo certo, eu ensaiei para isso, eu vou conseguir”! É sério! Isso funciona e vai te fazer dançar MUITO melhor! Respiração acelerada e pensamentos negativos só atrapalham a nossa dança!

O nervosismo não vai parar de existir 100%, mas com certeza há formas melhores de se lidar com ele! Não se sabote, controle sua respiração e seus pensamentos, que tudo vai dar certo!

10. Se aqueça antes de dançar!

Nada adianta tanto treino, se você não se aquecer antes de dançar. Leve com você roupas de aquecimento, como casaquinhos, perneiras e calças e faça pequenos exercícios para preparar o corpo para dançar! Lembre-se de que a maior parte dos teatros tem um ar condicionado muito frio e que ficamos mais tensas do que de costume antes de pisar no palco! Então mantenha o corpo aquecido e preparado para dançar para que você possa dar o seu melhor e evitar lesões. Lembrando que aquecimento é diferente de alongamento, como já falamos nesse post aqui.

11. Atenção às suas unhas!

Além do cuidado diário que devemos ter em mantê-las cortadas e só irmos em profissionais que confiamos, olhe bem para o esmalte que você está usando! Se você é como eu que adora um vermelhão ou uma cor bem chamativa na unha, lembre-se de tirar antes de dançar! A não ser que seu professor peça para uma coreografia específica, o ideal ou é dançar sem esmaltes ou escolher opções discretas como francesinha ou nudes. Especialmente se for em grupo, porque o ideal é que o grupo seja o mais homogêneo possível! Uma unha vermelha ou de cores berrantes chama atenção de longe e de forma negativa! Pense nisso!

12. Não dance com fome!

O alimento é uma das fontes de energia que sustentam o corpo. Nossas avós já diriam: “saco vazio não pára em pé” e você não vai emagrecer só no dia do espetáculo! Não entre em neura! Cuide da sua alimentação e não dance sem comer! Lembre-se de que nesse dia podemos ficar o dia inteiro no teatro, então, sem comer não dá pra ficar!

Algumas dicas de lanches pode ser banana, sanduíche, barrinha de cereal, que são coisas que são fáceis de comer, não fazem tanta sujeira e nos dão energia!

13. Se hidrate

Na maior parte do tempo e na maioria das coreografias dançamos sorrindo; fora o ar condicionado dos teatros! No geral eles são muito frios e tem o componente da tensão. Tudo isso pode deixar nossa boca e nossa garganta ressecados, então, no grande dia leve a sua garrafinha de água com você.

14. Durma bem!

O sono é mais uma das nossas fontes de energia. É normal termos aquela ansiedade antes de dançar, mas procure dormir o melhor possível antes de dançar. Evite dormir muito tarde e descanse! Se você estiver exausta da noite anterior, dificilmente fará um bom espetáculo! Portanto, cuide bem do seu sono!

15. Costelas fechadas e corpo para cima sempre!

Num dos primeiros vídeos do canal, já falei da importância da postura para manter o equilíbrio (vou deixar o link aqui), mas não custa reforçar! Eu tenho visto isso na prática! E além de ajudar no equilíbrio vai deixar você mais bonita no palco e com uma postura mais elegante e mais confiante! Por isso, lembre-se disso PRA VIDA!

16. Não consegue ficar parada numa pose?

Mais uma outra importância de se fechar as costelas e de ter o corpo para cima. Muitas vezes em algumas coreografias, especialmente de ballets de repertório temos que ficar um bom tempo paradas numa pose. Mas como você fica parada nela? Já parou para observar? Algumas vezes pode começar a dar câimbras nos glúteos, nas pernas, a gente começa a ficar se ajeitando… Então, para isso não acontecer, aqui vai algumas dicas: 1) repito: costela fechadas; 2) corpo levemente para a frente; 3) se tiver braços alongé, eles devem estar levemente para frente do seu corpo. NUNCA atrás ou totalmente ao lado; 4) o peso do corpo deve estar nos dedos NÃO no calcanhar! Aplicando todas essas dicas, ficar parada numa pose não vai mais ser um pesadelo!

17. Pés esticados SEMPRE!

A não ser que seja parte do personagem, os pés no ballet são esticados SEMPRE! Levou o pé à frente, estica, tirou ele do chão, estica, caminhou, estica! É isso que vai diferenciar uma bailarina boa de uma não tão boa assim! O pé estica a todo momento, especialmente ao caminhar! Nada pior do que um pé frouxo!

18. Perto de espetáculo não é a hora de experimentar coisas novas!

Ter uma vida fora do ballet e experimentar coisas novas é ótimo, mas não perto do espetáculo! Evite coisas muito fora da sua rotina nos dias ou até no mês da sua apresentação! Recuse futebol de sabão, patinação no gelo, comer aquele acarajé da sua tia da Bahia! Deixa essas coisas para depois que a apresentação passar!

Lembre de todo o trabalho que seu professor teve para montar e que muitas vezes pode ser a sua única oportunidade do ano em dançar e de todos os ensaios que você foi! Você não ia querer deixar de dançar, dançar passando mal ou machucada não é? E se você não dançar, imagina o trabalho que o seu professor ia ter para arrumar alguém para te substituir ou ainda mudar a coreografia por não ter conseguido ninguém para por no seu lugar! Você não ia querer nada disso, não é? Então, deixa para tentar todas essas coisas novas DEPOIS!

 

E essas foram as minhas dicas! Quem aqui está ansioso para dançar e já está fazendo isso tudo? Comenta aqui para mim!

O post 18 Dicas de palco para você arrasar na sua coreografia de final de ano apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/18-dicas-de-palco-para-voce-arrasar-na-sua-coreografia-de-final-de-ano/feed/ 0
Como fazer plano de aula de ballet https://tutudaju.com/como-fazer-plano-de-aula-de-ballet/ https://tutudaju.com/como-fazer-plano-de-aula-de-ballet/#respond Mon, 25 Nov 2019 14:49:45 +0000 https://tutudaju.com/?p=1258 Oi pessoal! Quem me acompanha aqui sabe que nesse ano eu dei minhas primeiras aulas de ballet. Num post anterior já escrevi um pouco aqui de como foi a experiência, dos principais erros que eu cometi e tudo que você tem que fazer antes de dar a sua aula. Se você ainda não leu, basta […]

O post Como fazer plano de aula de ballet apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
Oi pessoal!

Quem me acompanha aqui sabe que nesse ano eu dei minhas primeiras aulas de ballet.

Num post anterior já escrevi um pouco aqui de como foi a experiência, dos principais erros que eu cometi e tudo que você tem que fazer antes de dar a sua aula. Se você ainda não leu, basta clicar aqui!

No post de hoje, vou falar algumas dicas para preparar seu plano de aula, um elemento MUITO importante que não pode faltar na rotina de um professor de ballet, especialmente se você está começando agora. Ter um plano de aula bem detalhado e organizado vai ter essa importância toda, pq aula de ballet NÃO se dá intuitivamente. Tudo se planeja! Quanto mais detalhado, melhor para você que está dando aula e também para as suas alunas que estão tendo a sua aula. Lembrando que, todo planejamento é flexível e pode ser modificado, mas sempre nos esforçamos para cumprir o máximo dele.

Logo abaixo, vou deixar o vídeo que eu fiz para o canal com as dicas e embaixo dele, as mesmas dicas por escrito!

1. Assista muitas aulas e visite o lugar que você vai dar a sua aula.

Isso vai te ajudar a saber qual a estrutura do local que você vai dar aula: como é o piso, se tem barra, se tem espelho, qual o tamanho da sala…  Isso vai dar a noção do que você pode trabalhar na sua aula e quais os recursos que estão à sua disposição.

Quantas alunas são? Qual o nível delas? O que elas já estão aprendendo? O que fazem e ainda não fazem? É esse tipo de coisa que assistir aulas você vai saber. Além disso vai te dar base e experiência para criar as suas e montar sequências e exercícios que as bailarinas sejam capazes de fazer.

2. Lembre-se que a aula de ballet tem uma sequência lógica

Toda aula de ballet tem uma sequência lógica de exercícios a serem dados. Por exemplo, começamos a barra no plié ou aquecimento e terminamos com grand battement. Assim como os saltos são geralmente a última coisa que damos numa aula.

Mas, mesmo havendo essa sequência lógica, nem toda aula de ballet vai ser igual (e que bom que é assim!). Às vezes, o professor precisa dar uma aula de chão, ou precisa trabalhar com materiais que as alunas vão usar para dançar na coreografia de final de ano, por exemplo. Tudo isso tem que ser pensado e planejado.

3. Pense nos objetivos da sua aula

Toda aula de ballet tem seu objetivo, seja os objetivos específicos, de cada passo (ex: o tendu trabalha os pés, os relevés trabalham força, o fondu ajuda no controle do corpo), e também os gerais, para serem trabalhados ao longo da aula, mas não necessariamente em um passo de ballet que só trabalha isso (ex: socialização entre os próprios alunos e com o professor, musicalidade, coordenação motora). Então coloque seus objetivos lá no topo do seu plano de aula.

4. Coloque no plano de aula cada material que você vai usar

Pode ser que para trabalhar algum exercício você queira usar algum material específico que ajude a trabalhar um determinado objetivo. Coloque, então os materiais a serem usados lá no início do seu plano para que você não se esqueça de nada!

5. Aulas temáticas ou historiadas

Para quem dá aula para crianças (baby class ou infantil), pode ser que a sua aula seja temática (ex: aula de Páscoa, aula de festa junina) ou historiada (ex: a história da borboleta), você pode trabalhar com materiais e exercícios que sejam baseados nesse tema.

6. Músicas

Que músicas escolher? Hoje existem MUITAS opções no spotify, além dos CDS. Mas, o importante é você escolher músicas adequadas para o nível que você está dando aula (ex: se for para crianças, escolha músicas mais quadradas, de fácil contagem) e também que você já chegue com o CD ou a playlist já pronta na ordem dos exercícios. Então, também é para colocá-las em ordem no seu plano com cada exercício a ser dado! Assim você não se perde e também não perde tempo de aula escolhendo música. Lembrando, que esse tipo de coisa tornaria sua aula mais lenta, mais chata, dispersando os alunos e fazendo com que eles percam o interesse na sua aula.

Ter as músicas no plano também ajuda a ter a noção de quanto tempo dura a sua aula. Mas ATENÇÃO! NÃO é pq você tem, por exemplo, 40min de música na sua playlist do spotify que você terá 40min de aula. Você deve considerar que tem também o tempo de mostrar o passo, o tempo de corrigir, de tirar dúvidas, e tudo isso deve ser levado em conta na hora de montar a sua aula.

7. Tempo de aula

Atenção à administração do tempo! A gente só sabe se administra bem esse tempo treinando. Uma aula de criança dura geralmente 1h, já as mais avançadas, 1:30h. Tente reparar: você perde muito tempo nas explicações? Você não dá tudo o que você queria? Será que você está distribuindo mal os exercícios ou se tem exercício demais para pouco tempo? Tudo isso se aprende na prática! Mas uma opção de ser dada em aula de 1h hora, pode ser: 20min de barra, 20 de centro e 20 de diagonal, por exemplo.

Sobrou tempo, e agora? NÃO libere mais cedo! As alunas podem ficar mal acostumadas e quererem fazer disso um hábito! Então, uma solução se você já deu tudo o planejado e sobrou tempo, é fazer um alongamento ao final! Assim, a sua aula continua tendo um conteúdo até o final do horário estipulado para ela acabar.

 

E essas foram as dicas do plano de aula. Quais vocês mais gostaram de saber?

Eu só dei duas aulas de ballet e ainda tenho MUITO a aprender! Se eu for tendo mais dicas e mais aprendizados, compartilho mais com vocês!

Até o próximo post!

 

O post Como fazer plano de aula de ballet apareceu primeiro em Tutu da Ju.

]]>
https://tutudaju.com/como-fazer-plano-de-aula-de-ballet/feed/ 0