Bailarinas e bailarinos!

Vocês se sentem cansados durante a aula de ballet? Pode ser a forma que você respira!

Por isso, num vídeo bem rapidinho, separei 5 dicas para você usar a sua respiração a seu favor e dançar muiiiito melhor!

Vamos às dicas, primeiro, no vídeo do canal e abaixo dele, teremos elas por escrito.

1. Não respire pela boca!

Muitos dizem que inspirar pelo nariz e soltar pela boca ajuda nos exercícios, mas lembrem-se de que o ballet, é acima de tudo, uma arte. Então, a beleza dessa arte importa SIM e MUITO! Então, imagina que feio seria uma bailarina de boca aberta para respirar enquanto dança? Eu particularmente acho HORROROSO! Então, pelo nariz SEMPRE!

Inspirar pela boca então, uó! Isso certamente vai te deixar mais cansada também.

2. Costelas fechadas!

Já nem sei mais quantas vezes já disse razões da importância de se manter as costelas fechadas no ballet. Para respirar é uma delas! Um dos motivos é que a costela aberta, além de feio, cansa e nos dá instabilidade nos movimentos. Então, bora fechar essas costelas?

3. Solte o ar nos exercícios que exigem do nosso condicionamento

Não pare de respirar em NENHUM MOMENTO! Especialmente nos exercícios que vão exigir do nosso condicionamento físico, como os saltos e os grand battements. Lembre-se de soltar o ar e você terá muito mais resistência para esse tipo de passo.

4. Respire nos alongamentos

Já pensou em usar a sua respiração para alongar? Essa é uma técnica muito usada na Yoga e também na dança de uma forma geral. Você pode usar a sua respiração para ir além nos exercícios de flexibilidade, fazendo da seguinte maneira: inspira, e quando você soltar o ar você avança mais um pouco ao mesmo tempo que expira.

5. Use a sua respiração nos piqués e piruetas

Para piqués e piruetas a respiração vai variar se tiver relevés ou se for direto no piqué. Por exemplo, num arabesque com relevé e pirueta com relevé, como uma pirueta en dehors de quarta, você puxar o ar no plié, e quando sobe, você solta. Quando é sem o plié, o raciocínio se inverte: você solta o ar antes de subir e quando sobe na ponta ou meia ponta, você inspira. Essa pode ser uma forma de melhorar a execução desses passos.

 

E essas foram as dicas de respiração no ballet. Você usa alguma diferente? Comenta aqui!

Até o próximo post!